domingo, março 02, 2008

A Alforreca - parte IV


Por aquelles tempos, a alforreca, como qualquer bicho das águas, era um animal gracioso, de contornos esbeltos, com cabecinha, olhinhos, mãosinhas e com a competente cauda titilante; lá vae, oceano fóra...

3 comentários:

cristina disse...

estou a adorar a saga da alforreca. é... "electrificante" eh eheheheh beijinhos

margarida disse...

ahhhh, o belo do trocadilho.

cristina disse...

então... eu sou do adverising, querias u q? um poema?
;oDDD